3 Documentários para quem é aficionado por serial killers

A morte é a única certeza que temos na vida. E é justamente este tema que levanta o interesse de muitas pessoas, mais especificamente, a morte violenta. O pior que o ser humano é capaz de fazer.
Para muitos, conhecer o mal, saber que, lá fora, existem pessoas capazes de fazer o pior apenas por diversão é motivo de curiosidade e interesse.
E como o capitalismo não brinca em serviço, diversos filmes foram feitos acompanhando de perto a vida e as mortes destes serial killers.
Reunimos aqui os três que melhor mostram a realidade destes assassinos. Confira

Aileen: Life and Death of a Serial Killer

1

Executada em 2002, Aileen era uma prostituta que foi condenada por matar, em apenas um ano, 7 homens. O documentário explora e acompanha sua vida. Mostrando que não existe ninguém completamente bom ou mau – mesmo a policia que deveria proteger todos os cidadãos tenta faturar com a história de Aileen
É fácil pintar Aileen como vilã, porém o que o filme faz pensar é se ela também não é uma vitima.

Josef Fritzl: Story of a Monster

2

Acima de todos filmes da lista, este não é recomendado para pessoas com estômago fraco. Josef Fritzl manteve sua própria filha em cativeiro por 24 anos e teve 7 filhos filhos com ela. Ele a estuprava desde que tinha 11 anos.
Ao confessar Fritzl declarou: “Eu sabia que Elisabeth não queria que eu fizesse o que estava fazendo com ela. Sabia que estava machucando-a. Aquilo era como um vício. Na verdade, eu desejava ter filhos com ela.”

The Jinx – The life and deaths of Robert Durst

3

Série documental de 6 episódios da HBO que fala sobre o milionário nova-iorquino Robert Durst. Acusado de matar várias pessoas, incluindo a própria esposa, porém usando todo seu dinheiro e influencia Dust sempre consegue escapar das acusações.
São seis episódios extremamente envolventes e revoltantes. Enquanto em making a murderer vemos diversos erros das autoridades, em The Jinx vemos o que o dinheiro pode fazer.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...