Para conhecer o cinema espanhol: Tudo sobre minha mãe

Uma das minhas promessas de ano novo foi a seguinte: conhecer além do cinema hollywoodano. Muito mais que uma potência econômica, os Estados unidos se tornaram também uma potência cultural (um reflexo muito claro disso é quantos termos em inglês usamos, o pessoal da publicidade que o diga). Tem tanto filme bom feito ao redor do mundo, não deveríamos nos limitar apenas ao que é feito no mainstream americano.

Em minha odisséia por mais pluralidade acabei topando com Tudo sobre minha mãe, um filme daquele diretor que a maioria de nós conhece apenas pelo nome, Pedro Almodóvar. O longa é de 1999 e ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro em 2000. Logo depois de assistir vi que foi mais que merecido.

tudo_sobre_minha_mae_2

Por mais que ele seja “antigo”, não quero me aprofundar muito sobre a sinopse, assistir sem ter muitas informações faz parte da experiência. Possuindo uma trilha sonora maravilhosa, Almodóvar consegue em uma estrutura bastante tradicional surpreender. Aborda temas como identidade de gênero, sexualidade, fé e, acima de tudo, maternidade e amor.

Cecilia Roth emociona como Manuela. Consegue passar toda a angustia, desespero, desamparo que a personagem principal está sentindo.O cinema espanhol não cansa de me surpreender. Tudo sobre minha mãe já entrou na minha lista de filmes favoritos, é daqueles que ver uma vez não basta, sinto que assim que assistir novamente vou perceber ainda mais camadas, ainda mais profundidade.

E o melhor de tudo, está disponível na netflix, não tem desculpa para não ver.

tud_sobre_minha_mae_todosri

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...